and 01 junho 2021 Sem categoria

A Caesar Salad nasceu em um momento de privação norte-americana. Conheça um pouco mais sobre sua história e aprenda a prepará-la de forma fácil e muito saborosa!

Texto: Caesar Salad é uma receita leve e prática. Ideal para servir antes das principais refeições. Foto: Karla Rudnick.
Caesar Salad é uma receita leve e prática. Ideal para servir antes das refeições principais. Foto: Karla Rudnick.

A história da Caesar Salad

Quem vê o preparo de uma Caesar Salad, traduzida para o português como salada César, nem imagina que ela surgiu numa ocasião bem inusitada. Era época de Lei Seca nos Estados Unidos dos anos 20, e alguns restaurantes viram a necessidade de inovar com a clientela. Muitos deles, inclusive, atravessaram a fronteira para continuar a comercializar bebidas no México e garantir seus negócios.

Diz a história que no dia 4 de julho de 1924, o dono de um restaurante situado em Tijuana, na fronteira entre o México e Estados Unidos, ao ver que o estoque de comida estava ficando baixo (devido à Lei Seca, muitos estadunidenses lotavam os restaurantes nas fronteiras), decidiu arriscar uma receita com os ingredientes ainda disponíveis e de uma forma bem peculiar: preparou uma salada à base de alface, sobre a mesa, na frente dos clientes.

Foi assim que Caesar Cardini, proprietário deste restaurante, apresentou ao mundo o seu prato. Em pouco tempo, conquistou muitos fãs e o local passou a ser frequentado por muitas pessoas, inclusive famosos. Em 1938, juntamente com sua irmã Rose, Caeser Cardini abriu uma loja gourmet em Los Angeles e começou a vender o seu famoso molho Caesar.

Receita da Caesar Salad

Preparar esta receita é muito simples, fácil e requer poucos minutos. O chef Lucas Santiago nos ensina o passo-a-passo desta salada.

Texto: As saladeiras da coleção Ryo Safira são ideais para servirem receitas com folhas, como a Caesar Salad. Foto: Karla Rudnick.
As saladeiras da coleção Ryo Safira são ideais para servirem receitas com folhas, como a Caesar Salad. Foto: Karla Rudnick.

Vamos lá?

Rendimento: 5 porções.

Ingredientes:

  • 425 g de alface romana ou americana;
  • 1 colher de chá ou 3 g de pasta de alho;
  • 3 filés de anchova;
  • Sal a gosto;
  • Pimenta-do-reino preta moída, a gosto;
  • 55 ml de ovo pasteurizado (inteiro ou gemas);
  • 30 ml de suco de limão siciliano ou a gosto;
  • 75 ml de azeite de oliva;
  • 75 ml de azeite de oliva extravirgem;
  • 75 g de queijo parmesão ralado ou a gosto;
  • 220 g de croûtons ao alho (receita a seguir).

Modo de preparo:

1 – Separe as folhas da alface. Lave-as e seque-as bem. Rasgue-as ou corte-as em pedaços, se necessário. Deixe a alface na geladeira até o momento de servir.

2 – Para cada porção, amasse ao mesmo tempo: cerca de um oitavo de colher de chá ou 0,6 g de pasta de alho, meio filé de anchova, sal e pimenta-do-reino.

3 – Adicione 2 colheres de chá ou 10 ml de ovo e 1 colher de chá ou 5 ml de suco de limão siciliano. Misture bem.

4 – Junte 15 ml de cada azeite e bata até formar um molho grosso. Acrescente 1 a 2 colheres de sopa ou 10 g de queijo parmesão ralado e 85 g da alface romana. Misture até revestir por igual.

5 – Sirva imediatamente em um prato gelado. Guarneça com 43 g de croûtons.

Croûtons ao alho

Rendimento: 5 porções.

Ingredientes:

  • 5 fatias finas de baguete francesa ou italiana, cortadas em diagonal;
  • 3 dentes de alho, descascados e cortados ao meio;
  • 150 ml de azeite de oliva;
  • Sal a gosto;
  • Pimenta-do-reino preta moída, a gosto.

Modo de preparo:

1 – Coloque as fatias de pão em uma assadeira. Esfregue cada uma delas com o alho e pincele com o azeite dos dois lados. Tempere com o sal e a pimenta-do-reino.

2 – Doure o pão na salamandra (ou forno com grill); vire-o e doure do outro lado.

3 – Reserve-o até o momento de servir.

Que tal inovar também na salada? Lembre-se o quanto sua origem foi criativa e surpreenda seus convidados!

Separamos também outras receitas que podem complementar este prato. Acesse:

Arroz de bacalhau;

Salmão com risoto de limão siciliano;

Bacalhoada.

Texto: A coleção Ryo Safira e os talheres Kyoto da Oxford deixam a refeição ainda mais especial. Foto: Karla Rudnick.
A coleção Ryo Safira e os talheres Kyoto da Oxford deixam a refeição ainda mais especial. Foto: Karla Rudnick.

Heloisa
LEIA AS OUTRAS MATÉRIAS

HeloisaSecretária por vocação, amante da escrita e dos escritores. Aprecia uma boa conversa, se empolga com fotografias e considera a música uma grande amiga, fonte de inspiração. Acredita que rir, realmente, é o melhor remédio. Romântica² crê que o amor tudo pode, tudo vence. Perfeccionismo e determinação são parceiros, companheiros de longa data.

Lucas
LEIA AS OUTRAS MATÉRIAS

LucasSommelier e professor de Gastronomia formado pela Univille-SC. Especialista em Finanças pela FCJ-SC e em Aperfeiçoamento em Serviços e Gestão pelo Senac Campos do Jordão-SP. Mestrando em Ciência Animal pela Unoeste-SP. Falar, vivenciar, partilhar gastronomia é com ele! Acredita que as viagens a trabalho ou familiares são necessárias para se recriar sempre. Tem certeza de que a gastronomia pode unir culturas, costumes, saberes e pessoas para um bom bate papo!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *