23 março 2018 Receber

O churrasco como se conhece no Brasil foi disseminado pelos gaúchos, que herdaram a tradição dos tropeiros, homens que transportavam gado dos pampas até a região Sudeste. E se há uma coisa que brasileiro sabe fazer bem é reunir os amigos e a família e transformar o churrasco em um momento de pura alegria.

Imagem: Muito apreciado no Brasil e tradição no almoço de domingo na região Sul, o churrasco fica ainda mais saboroso quando é planejado, do cardápio à decoração. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Muito apreciado no Brasil e tradição no almoço de domingo na região Sul, o churrasco fica ainda mais saboroso quando é planejado, do cardápio à decoração. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Em qualquer estação, a tradição do churrasco, principalmente aos  domingos, é muito forte no Brasil, em especial em parte do Sudeste e na região Sul, onde influencia inclusive o mercado imobiliário, já que é difícil quem compre um imóvel, mesmo um apartamento, sem churrasqueira. Carne de boa qualidade, sal grosso, grelha com fogo moderado e alguns cuidados na hora de assar são os itens básicos de um bom churrasco. Para acompanhar, pão de alho e farofa, que parecem ser seus amigos inseparáveis, além de outros pratos que também casam perfeitamente com ele: arroz, saladas, legumes e vegetais grelhados (abobrinha,  berinjela, aspargos, etc.). Se a proposta for mais sofisticada, a dica é apostar nos cogumelos recheados com queijos gorgonzola e camembert e no delicioso queijo provolone defumado na grelha.

Imagem: O saleiro, além de contribuir para a decoração, pode ser utilizado para colocar outros ingredientes, como queijo ralado ou algum molho. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

O saleiro, além de contribuir para a decoração, pode ser utilizado para colocar outros ingredientes, como queijo ralado ou algum molho. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Embora exista simplicidade no preparo do prato principal, não significa que o evento não mereça atenção especial. Para quem gosta de receber com elegância além de preparar bons  acompanhamentos para a carne, é preciso cuidar do ambiente, da mesa e do bem-estar dos convidados, afinal é churrasco e é domingo. Aqui a produtora e decoradora Lia Pasold ambientou um apartamento para um churrasco entre amigos, com muita alegria e jovialidade, dando dicas para manter o ambiente informal, porém rico em detalhes.

Veja nossas dicas para você receber os amigos para aquele churrasco especial de domingo

Imagem: O churrasco geralmente é uma ocasião informal, por isso é bom deixar os convidados à vontade, servindo ao estilo americano. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

O churrasco geralmente é uma ocasião informal, por isso é bom deixar os convidados à vontade, servindo ao estilo americano. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Brasileiro que é brasileiro gosta de churrasco com cerveja. Para gelar a bebida, foi utilizado um balde comum, amarrado com guardanapos de tecido para a água não escorrer. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Brasileiro que é brasileiro gosta de churrasco com cerveja. Para gelar a bebida, foi utilizado um balde comum, amarrado com guardanapos de tecido para a água não escorrer. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Dar novos usos ao que se tem em casa é uma boa alternativa. Os copos brancos servem para apoiar os talheres, que não precisam ser especiais para churrasco, mas devem ter uma boa serra. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Dar novos usos ao que se tem em casa é uma boa alternativa. Os copos brancos servem para apoiar os talheres, que não precisam ser especiais para churrasco, mas devem ter uma boa serra. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: A petisqueira e a taça de sorvete também podem ganhar novos usos. Aqui, uma abriga a salada e a outra um molho especial. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

A petisqueira e a taça de sorvete também podem ganhar novos usos. Aqui, uma abriga a salada e a outra um molho especial. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Em um churrasco o ideal é usar guardanapos de tecido. Um para ser usado e o outro para ser colocado no colo, já que o convidado pode fazer sua refeição no sofá ou em uma cadeira. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Em um churrasco o ideal é usar guardanapos de tecido. Um para ser usado e o outro para ser colocado no colo, já que o convidado pode fazer sua refeição no sofá ou em uma cadeira. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

Imagem: Apetitosa, a sobremesa ficou ainda mais bonita com a transparência dos copos. As porções individuais também ajudam na hora de servir. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Apetitosa, a sobremesa ficou ainda mais bonita com a transparência dos copos. As porções individuais também ajudam na hora de servir. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Escolhendo a carne perfeita

O sabor e a qualidade da carne dependem de sua origem, da raça e do tempo de corte. Para Clarice Chwartzmann, do projeto “A Churrasqueira”, o ideal é optar pela de animais criados em  ambientes abertos, não confinados e com métodos que não utilizem hormônios ou antibióticos. “É importante observar a aparência e o cheiro. A carne deve parecer úmida, mas não empapada de sangue”, explica. Já a cor deve ser rosada ou avermelhada e a camada de gordura, que é responsável pelo sabor, maciez e suculência, deve ser clara, firme e levemente cremosa.

Imagem: Um bom kit de churrasco, com facas afiadas e garfos adequados, é essencial para auxiliar no preparo e na hora de servir a carne. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

Um bom kit de churrasco, com facas afiadas e garfos adequados, é essencial para auxiliar no preparo e na hora de servir a carne. Foto: Raphael Günther/Bespoke Content.

 

As chamadas “carnes nobres” (traseiro do boi) são as preferidas no churrasco do brasileiro: picanha, fraldinha, maminha, contrafilé, alcatra e costela. Para Cesar Vincenzi, do empório paulista Templo da Carne, com a evolução do rebanho hoje já se usam também diversos cortes dianteiros, como miolo da paleta, peixinho e acém. Carnes como pernil e carré de ovelha e costelinha de porco também são bastante apreciadas.

Elas comandam

Há um comportamento social e cultural no Brasil de que em um churrasco as mulheres cuidam dos acompanhamentos enquanto os homens comandam a churrasqueira. Para derrubar esse
preconceito, a publicitária gaúcha Clarice Chwartzmann criou o projeto “A Churrasqueira”, onde dá cursos que ensinam às mulheres as técnicas e os segredos para um apetitoso churrasco.

    Gostou? Deixe seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *