and 03 fevereiro 2021 Fazer do meu jeito

Ter a cozinha organizada é o sonho de muitos donos e donas de casa. Como é um ambiente que utilizamos com bastante frequência, é imprescindível que saibamos onde está cada coisa. Assim, o ato de cozinhar flui melhor. Quem já estava fazendo uma receita super delicada e precisou tirar tudo da gaveta para achar um tempero, sabe do que estamos falando, não é mesmo?

Nesse post vamos dar 5 dicas simples, que não demandam marcenaria planejada nem grandes alterações, mas que irão facilitar sua vida na cozinha.

1 – Agrupe os temperos de uso diário em tábuas pela cozinha

Sal, pimenta e azeite são temperos usados todos os dias para os mais diversos preparos. Além de serem usados durante o cozimento, eles também vão à mesa para temperar saladas e finalizar alguns pratos. 

Sempre indicamos que eles fiquem sempre juntos em uma bandeja ou tábua. Dessa maneira, é bem mais simples levá-los de uma lugar para outro na cozinha. Foto: Arquiteca Projetos.
Sempre indicamos que eles fiquem sempre juntos em uma bandeja ou tábua. Dessa maneira, é bem mais simples levá-los de uma lugar para outro na cozinha. Foto: Arquiteca Projetos.

Essa dica também vale o café da tarde ou pós almoço. Para servir aquele cafezinho, normalmente utilizamos açúcar, adoçante e canela. Então, já deixe os três reunidos para facilitar.

2 – Temperos e iguarias em potes transparentes

Assim que comprar os temperos em saquinhos, transfira para potinhos transparentes. Podem ser potinhos pequenos de conserva, entretanto o mais indicado são potes com dosador. Eles são mais práticos porque você não precisa remover a tampa para usar e tem mais controle sobre a quantidade de tempero que vai cair.

O ideal é que eles sempre estejam à mão, perto do fogão. Foto: Arquiteca Projetos.
O ideal é que eles sempre estejam à mão, perto do fogão. Foto: Arquiteca Projetos.

3. Utilize porta papel toalha

O trio papel toalha, papel alumínio e plástico filme sempre atrapalham no dia a dia. Em gavetas, não ficam acessíveis. Deitados sobre a bancada, acabam ocupando muito espaço. O papel toalha, normalmente mais utilizado que os outros dois, sempre acaba rolando de um lado para o outro.

Alguns acessórios são indispensáveis para começar a cozinhar e manter a cozinha organizada.
Alguns acessórios são indispensáveis para começar a cozinhar e manter a cozinha organizada.

 4. Instale uma barra de utensílios na cozinha

Na barra de utensílios, você pode deixar tudo que mais usa no dia a dia. Ela pode ser comprada online, normalmente em partes de 50 cm, e possui muitos tipos de acessórios: ganchos para caneca e colheres, cesta para temperos e porta papel toalha.

O ideal é instalar a barra de utensílios e ir comprando os acessórios de acordo com sua necessidade no dia a dia na cozinha.
O ideal é instalar a barra de utensílios e ir comprando os acessórios de acordo com sua necessidade no dia a dia na cozinha.

5. Potes etiquetados

Os potes de vidro são ótimos para conservar mais os alimentos. Eles permitem que você veja melhor o que tem na despensa e não desperdice ou deixe vencer alimentos. Etiquetar os potes de vidro também é uma ótima maneira de achar tudo com mais agilidade na hora de cozinhar. Nós produzimos um passo de como etiquetar potes em casa de maneira bem simples, você pode conferir ele aqui.

Pote de vidro hermético, ideal para guardar coisas crocantes como docinhos e torradas. Foto: Arquiteca Projetos.
Pote de vidro hermético, ideal para guardar coisas crocantes como docinhos e torradas. Foto: Arquiteca Projetos.

Gostou das dicas para ter uma cozinha organizada? Com pequenas alterações e os utensílios certos, cozinhar pode ser mais prático e, ainda mais prazeroso.

Amanda
LEIA AS OUTRAS MATÉRIAS

AmandaArquiteta e urbanista, sócia da Arquiteca Projetos Afetivos, experimentando a produção de peças cerâmicas artesanais. Já morou na Hungria e no Rio de Janeiro. É colecionadora de lápis que usa pouco e cadernetas que nunca termina. A astrologia lhe inquieta e uma xícara de café sempre conforta.

Fabíola
LEIA AS OUTRAS MATÉRIAS

FabíolaArquiteta e urbanista, sócia da Arquiteca Projetos Afetivos, atua em projetos de arquitetura e organização de eventos. Desde sempre apaixonada por arquitetura e viagens e, cada vez mais, por gastronomia. Se aventura em pratos novos em busca de sensações inéditas, cozinhando com todo o amor que existe em si. Acredita no poder de transformação das pequenas coisas, seja um gole, uma conversa ou uma flor na mesa.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *